MÚSICA

BTS Proof: Live vai marcar lançamento do projeto

Reprodução/Instagram

Fiéis

Army defende hiato do BTS após pedido inusitado de entidade coreana

Presidente da Associação de Cantores da Coreia pediu para o grupo repensar hiato, preocupado com a indústria musical

Lucas Almeida

Lucas Almeida

Ninguém mexe com o Army! Os fãs de BTS não pouparam esforços para defender os ídolos na noite de quinta-feira (22). A movimentação aconteceu depois de o presidente da Associação de Cantores da Coreia, Lee Ja Yeon, publicar um comunicado pedindo para o grupo repensar a decisão de iniciar um hiato.

Lee afirmou que estava preocupado com a possibilidade da influência da cultura sul-coreana centrada no BTS perder força durante o período de pausa do grupo.

“Nos anos que antecederam o nascimento desse movimento, acreditava-se que encontrar ‘os próximos Beatles‘ seria uma conquista muito difícil. Agora, chegamos em um ponto em que é difícil esperar pelo ‘próximo BTS’ surgir a qualquer momento. Assim, há uma grande preocupação de que as pulsações da Onda Coreana parem”, ele escreveu, de acordo com a Billboard.

Nas redes sociais, fãs voltaram a defender o direito do grupo de tirar um tempo de descanso.

“Caro Lee Ja Yeon, presidente da Associação de Cantores da Coreia, perguntando seriamente, você nunca tirou um dia de folga do trabalho em sua vida?”, diz um tweet com a hashtag “BTSItsOkayToRest” (ou BTS merece descansar, em português).

BTS não vai parar de verdade

Apesar dos comentários aflorados, o grupo não viverá um momento de descanso, de fato. Um dia depois de anunciar o hiato, a Hybe, agência que administra a carreira do BTS, perdeu mais de US$ 1,7 bilhão (R$ 8,5 bilhões) em valor de mercado. A empresa, então, comunicou que a palavra “hiato” tinha sido um erro de tradução.

Os integrantes do grupo terão mais tempo para trabalhar em suas carreiras individuais, mas não deixarão de cumprir alguns compromissos juntos. Em uma conversa no aplicativo V Live, o cantor Jung Kook afirmou que eles continuarão gravando a série Run BTS, disponível na mesma rede social, por exemplo.

“Acho que a maneira com que encaramos as músicas individuais, a divulgação desses trabalhos, vai mudar bastante agora. Essa mudança era algo de que precisávamos para começar o nosso segundo capítulo”, ele explicou durante a live.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Lucas Almeida

Lucas Almeida

Repórter. Passou pela MTV Brasil e Veja.com. É fã de um pop triste e não deixa de ouvir todos os lançamentos musicais da semana.

Ver mais conteúdos de Lucas Almeida

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal