FILMES E SÉRIES

Buzz em cena de Lightyear

Divulgação/Pixar

Toy Story

Por que Lightyear foi banido na Arábia Saudita e nos Emirados Árabes?

O novo filme sobre o brinquedo do Toy Story não vai chegar no Oriente Médio

Victor Cierro

Victor Cierro

Depois de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura ser banido nos países árabes por conta das duas mães de America Chavez (Xochitl Gomez), Lightyear também foi proibido na Arábia Saudita, Emirados Árabes e Kuwait. O motivo? Um beijo LGBTQIA+.

Na trama, Alisha Hawthorne (Uzo Aduba), melhor amiga do Buzz (Chris Evans), é homossexual. Durante a trama do astronauta, o filme explora o romance da personagem com sua mulher. Inclusive, o amor entre o casal é uma fonte de inspiração e motivação para o protagonista em sua missão.

No entanto, por conta do relacionamento LGBTQIA+ e, principalmente, pelo beijo gay, os países árabes proibiram a exibição de Lightyear no Oriente Médio. De acordo com o site Variety, a Pixar nem chegou a sujeitar o filme aos censores da Arábia Saudita, pois já sabia a resposta da nação.

Mas, nos Emirados, o filme do astronauta de Toy Story foi inicialmente aprovado pelas autoridades árabes. Porém, depois de protestos de grupos religiosos, o governo voltou atrás da decisão e proibiu Lightyear no país.

Além de Lightyear e Doutor Estranho 2, a Disney também já tinha sofrido outra proibição nos últimos anos. Os Eternos não chegaram à Arábia Saudita. O país baniu a exibição dos heróis da Marvel, pois Phastos (Brian Tyree Henry) é gay. Nesse ritmo, parte do Oriente Médio vai poder assistir a apenas reprises nos cinemas.

Lightyear estreia nesta quinta-feira (16) nos cinemas nacionais. Assista abaixo ao trailer:

Sox e Buzz em cena de Lightyear

Trailer de Lightyear

Sox e Buzz em cena de Lightyear, novo filme sobre o brinquedo de Toy Story

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Victor Cierro

Victor Cierro

Repórter da Tangerina, Victor Cierro é viciado em quadrinhos e cultura pop e decidiu que seria jornalista aos 9 anos. É o foca da equipe e cria da casa: antes da Tangerina, estagiou no Notícias da TV, escrevendo sobre filmes e séries.

Ver mais conteúdos de Victor Cierro

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal