Academia convida Selton Mello e Jeferson De para votarem no Oscar

FILMES E SÉRIES

Selton Mello

Reprodução/Instagram

É DO BRASIL!

Academia convida Selton Mello e Jeferson De para votarem no Oscar

O diretor Bruno Barreto e o documentarista Emílio Domingos também poderão representar o Brasil entre os votantes da premiação

Luciano Guaraldo

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas revelou nesta terça-feira (28) os 397 nomes convidados para se juntarem à associação. Entre outros benefícios, os membros podem votar nos vencedores do Oscar! E a lista conta com brasileiros, como o ator Selton Mello, os diretores Jeferson De e Bruno Barreto e o documentarista Emílio Domingos.

Segundo a Academia, os convites são feitos com base nas qualificações profissionais, além de um compromisso com representatividade, inclusão e equalidade. Dos 397 nomes, 44% são mulheres, 37% pertencem a minorias raciais ou étnicas e 50% são de fora dos Estados Unidos (53 países e territórios foram contemplados).

Tradicionalmente, pessoas indicadas ao Oscar recebem o convite para se juntarem à Academia no ano seguinte. Neste ano, são 71 profissionais que concorreram à estatueta, 15 deles vencedores da premiação. Essa lista inclui Ariana DeBose (de Amor Sublime Amor) e Troy Kotsur (No Ritmo do Coração), que saíram premiados neste ano como atores coadjuvantes.

A atriz Caitríona Balfe (de Outlander), que estava bem cotada para a estatueta por seu trabalho em Belfast, e Anya Taylor-Joy, nova queridinha de Hollywood, também foram convidadas, apesar de não terem recebido uma indicação ao Oscar. O mesmo vale para os brasileiros –apesar de Bruno Barreto ser o cineasta responsável por O Que É Isso, Companheiro? (1997), que concorreu a melhor filme estrangeiro.

Premiados com o Oscar de melhor canção original, Billie Eilish e seu irmão, Finneas O’Connell, também foram convidados a se juntarem à Academia e ajudarem nas votações a partir do ano que vem. Eles são os dois nomes mais pop da lista, em uma tentativa de atrair o público mais jovem para as cerimônias.

Vale ressaltar que o convite não significa que as 397 pessoas vão se juntar à Academia. Apenas aqueles que aceitarem a nomeação farão efetivamente parte da organização. Ryan Coogler, diretor de Pantera Negra (2018), recusou a proposta. Segundo ele, o Oscar promove uma rivalidade entre artistas que deveriam se apoiar.

Informar Erro
Falar com a equipe

Tags

QUEM FEZ

Luciano Guaraldo

Editor-chefe da Tangerina. Antes, foi editor do Notícias da TV, onde atuou durante cinco anos. Também passou por Diário de São Paulo e Rede BOM DIA de jornais.

Ver mais conteúdos de Luciano Guaraldo

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal