FRESQUINHAS!

Justin Bieber

Reprodução/YouTube

Fresquinhas!

Música nova do Justin Bieber não chamaria a atenção se não fosse dele

Lançamentos da semana têm ainda Sam Smith água com açúcar, o registro de Miley com Anitta, Toro Y Moi dirigindo chapadão e o amor de Felipe Cordeiro com Chico César

Dora Guerra

Dora Guerra

Bom dia cheio de músicas novas pra quem viveu uma semana atordoada, envolvendo fortes emoções pra comprar ingresso para o Primavera Sound. Aquele line-up tem um pouco pra cada umBjörk para quem é maluco-conceitual por natureza, Arctic Monkeys e Interpol pra quem um dia já foi indie, até Hermeto Pascoal pra quem é maluco-conceitual e tem conhecimento intermediário sobre harmonia funcional. Que bela ideia um anúncio primaveril em pleno outono, não?

Enquanto aguardamos, temos algumas novidades pra ouvir, claro: Sam Smith, Miley com Anitta, Felipe Cordeiro com Chico César, MD Chefe com Negra Li. Hoje, as parcerias brilharam um bocado: nada como dividir uma música, uns versos, uma conversa boa. 

Segue a lista, portanto, das melhores músicas novas pra ouvir. E também algumas que não são as melhores. Ah lá:

As músicas fresquinhas do momento

Love Me More – Sam Smith
É sobre se amar mesmo que a música não fique lá um primor

Fruto de um experimento científico que misturou genes de Boy George e Adele, Sam Smith é daqueles artistas sofridos —tem uns que são assim, não conseguem produzir quando estão felizes da vida. Na verdade, se você for olhar as capas dos álbuns, geralmente Sam está com a mão no rosto, olhos fechados, em pose dramática. Faz parte.

Sam Smith

Veja o clipe de Love Me More

Música marca novo retorno de Sam Smith

É nesse clima que temos Love Me More, faixa que fala sobre autoestima, se amar, essas coisas simplérrimas que a gente tem que lidar ao olhar pro espelho. Apesar do assunto nobre e o belo coro no final, a música não é bem uma novidade; é bem água com açúcar, na verdade. Mas vá lá, dá um play, vai que você reflete também sobre se amar mais.

Honest – Justin Bieber feat. Don Toliver
Bacaninha…

Quando o assunto é Justin Bieber, é difícil saber o que esperar —eu fiquei presa especificamente naquele momento em que ele entoou “I get my weed from California” de forma dramática no piano, nos Grammys. Mas ele tem lá suas músicas boas e, aparentemente, muitos shows esgotados por aqui.

Justin Bieber e Don Toliver no clipe de Honest

Assista ao clipe de Honest

Música é parceria entre Justin Bieber e Don Toliver

Honest é uma música tranquilinha, meio trap bem de leve, meio pop. Pra ser sincera, não sei se chamaria muita atenção em uma lista de lançamentos se não fosse do Justin Bieber —mérito dele, eu acho. E acho que minhas opiniões sobre a música acabam por aqui.

Mother’s Daughter x Boys Don’t Cry – Miley Cyrus feat. Anitta
Vambora São Paulo!!

Não vou nem falar da versão-deluxe-do-álbum-ao-vivo-da-Miley, vou direto pra única música que importa no momento. A artista não é boba, convenhamos: sabe que não existe máquina mais intensa e promotora do seu trabalho que o brasileiro. E pra isso, nada como reviver um momento inesquecível da nossa vida —a tentativa pública da Miley de pegar a Anitta.

Não é música nova da Anitta nem da Miley, mas é quase: a parceria entre as duas, agora lançada oficialmente, vai entrar em terceiro lugar nas mais ouvidas pelos meus amigos gays (perdendo somente pra Lud Sessions feat Gloria Groove, original e versão pagode). O registro da música soa meio caótico, como foi o momento; mas vai render stream que é uma beleza. A Miley tá errada em lançá-la? Não tá.

MAHAL – Toro y Moi
Meu tipo de álbum, sem tirar nem pôr

Independente da qualidade do resultado, um álbum novo do Toro y Moi merecia um lugarzinho por aqui. Ainda bem que o disco é ótimo: em MAHAL, o conceito é meio “dirigindo chapadão”, o que não é recomendável de forma alguma na prática, mas como conceito é uma delícia. 

É um álbum tranquilo, psicodélico sem esbarrar na bad vibe em momento algum; os feats são mais que bem-vindos, fazendo parte do universo do artista sem esgotá-lo ou interrompê-lo. Confie nos ecos, guitarras e vocais de MAHAL e bote pra tocar à noite na casa de alguém interessante, quando já não estiver muito sóbrio. Anotado? 

De Amor, Amor – Felipe Cordeiro & Chico César
Guitarrinha boa, som de sol

Vezemquando Chico César aparece por aí (já surgiu até em um relato dominical do meu pai, contando que dava carona pra ele com alguma frequência) e, sempre que surge, é uma aparição. Dessa vez, ele surgiu nas redes sociais de Felipe Cordeiro, batendo um bom papo pandêmico sobre café. O café virou amor, amor.

A faixa é brasileiríssima com gostinho da parceria Norte-Nordeste, meio tradicional, meio moderninha. Tem um clipe gostoso de se ver, também: nada como uma dança nos azulejos enquanto pega sol. 

Chico César e Felipe Cordeiro no clipe de De Amor, Amor

Assista ao clipe de De Amor, Amor

Canção é parceria de Chico César com Felipe Cordeiro

PELE – N.I.N.A
É E.L.A, pessoal

Pra quem não conhece a bruta, a braba, a forte, tá perdendo: N.I.N.A é dona de uma das vozes mais marcantes do rap brasileiro, um timbre e flow que não te deixam confundi-la com ninguém. Em PELE, seu primeiro álbum, ela se apresenta com propriedade a quem quer que dê o play.

O álbum é todo drill; sobre os beats, a rapper mostra de onde veio e pra onde vai, enquanto você só ouve, admira, às vezes dá uma dançadinha. É uma ótima forma de começar a conhecê-la, sabendo que, daqui pra frente, você vai ouvir falar de N.I.N.A. 

Outras músicas novas em uma frase

Hey (Na Na Na) – DENNIS, Almanac, DJ Jonatas Felipe:

Nada nessa música está certo.

Tipo BBB – Mc Danny, Love Funk:

Muito melhor que o BBB.

Vida Livre – Saulo, Melim:

Uma música EXTREMAMENTE sorridente.

Blue Water Road – Kehlani:

Com esses feats, era difícil dar errado.
————————————————————————————————————————

Essas são as músicas novas que você pode até ficar sem ouvir, mas se ouvir, vai se tornar uma pessoa mais conhecedora de música que antes. Ou pelo menos é assim que deveria ser.

E assim me despeço, mandando um abraço também pra abril, o melhor mês do ano. Estamos entrando em tempos mais frios (literalmente: outono/inverno) e, por isso, a Fresquinhas! pode vir a se tornar Quentinhas!, conforme a necessidade do leitor. Mas, por enquanto, o frescor ainda vale.

Um beijo pra você. Só pra você!

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Dora Guerra

Dora Guerra

Dora Guerra é pesquisadora musical e pensa mais sobre o tema do que deveria. Na Tangerina, publica a coluna Fresquinhas!, sobre lançamentos musicais. Suas posses incluem: a newsletter Semibreve, o podcast Queijo Quente, uma vira-lata caramelo, alguns vinis e uma vitrola estragada.

Ver mais conteúdos de Dora Guerra

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal