GAMES

Jogos Star Wars

Arte/Tangerina sobre imagem de Divulgação/Lucasfilm

Games

Que a Força esteja com o seu controle: Melhores jogos de Star Wars

Em celebração ao 4 de maio, relembramos os títulos imperdíveis da longa história de Star Wars nos games

Bruno Silva

Bruno Silva

Star Wars é uma das maiores instituições da cultura pop. A saga iniciada por George Lucas com o filme Uma Nova Esperança (1977) se estendeu para a televisão, os quadrinhos e os videogames, com um impacto cultural tão grande que até mesmo uma data no calendário é reservada para cultuá-la: o 4 de maio, ou “May the 4th”, que, em inglês, é similar ao popular termo “Que a Força esteja com você”. E, aproveitando esta data, a Tangerina responde à pergunta: quais são os melhores jogos de Star Wars?

A história de Star Wars no videogame é quase tão longa quanto a da saga no cinema —o primeiro título foi uma versão eletrônica de um jogo de tabuleiro lançada em 1978, um ano após Uma Nova Esperança— e é igualmente celebrada pelos fãs, com histórias únicas e personagens tão queridos quanto os dos filmes e séries. Confira a lista:

Star Wars: The Old Republic

Star Wars: The Old Republic

Star Wars: The Old Republic é MMO baseado no filme de George Lucas

Divulgação/BioWare

Quem assistiu a qualquer filme ou série de Star Wars e sentiu vontade de viver naquele universo tem em The Old Republic uma das melhores opções. Lançado em 2011, o MMORPG traz você para o período da Velha República, milhares de anos antes dos acontecimentos dos filmes, mas já marcado pelo eterno conflito entre os jedi e sith.

Você tem a opção de escolher o lado da Força que quer seguir, com um sistema de moralidade que é a marca dos jogos da BioWare, do também excelente Knights of the Old Republic —que também está nessa lista— e de outros jogos de ficção científica espacial como Mass Effect.

  • Onde jogar: PC

Star Wars: The Force Unleashed

Star Wars: The Force Unleashed

The Force Unleashed é jogo de Star Wars inspirado em títulos de ação como God of War

Divulgação/LucasArts

Ter os poderes de um jedi ou um sith sempre foi uma das grandes fantasias de poder de Star Wars, e poucos jogos sabem explorar o controle desse poder como The Force Unleashed.

Inspirado em jogos de ação com protagonistas superpoderosos, como God of War, The Force Unleashed apresenta Starkiller —sim, o nome original de Luke Skywalker em Uma Nova Esperança— um aprendiz secreto de Darth Vader que é treinado pelo lorde sith nos primeiros anos da ascensão do Império.

The Force Unleashed não brilha tanto na história —há obras muito melhores nesse ponto da cronologia de Star Wars— mas a ação, os combates e os momentos em que Starkiller demonstra seu poder ainda valem a pena.

Star Wars: Battlefront II (2005)

Star Wars: Battlefront II

Lançado em 2005, Star Wars: Battlefront II traz a guerra nas estrelas para os videogames

Divulgação/LucasArts

Apesar de ser protagonizado em grande parte por jedi e sith, Star Wars vai muito além dos usuários da Força. Um dos melhores jogos que demonstra isso é Star Wars Battlefront II —o original, não o game homônimo de 2017.

Battlefront é um jogo de tiro em primeira ou terceira pessoa que tem mapas em duas eras diferentes da saga: a da trilogia dos prelúdios, quando a República enfrenta a Aliança Separatista sob influência dos sith, ou a trilogia original, focada no conflito entre Império e Aliança Rebelde. Além de colocar você literalmente no meio da guerra espacial, Battlefront II também inova ao dar controle momentâneo de personagens como Yoda, Luke Skywalker e Darth Vader. Esta última mecânica acabou incorporada na versão moderna de Battlefront.

  • Onde jogar: PC, PlayStation 2, Xbox, PSP

Star Wars: Knights of the Old Republic

Star Wars: Knights of the Old Republic

Star Wars: Knights of the Old Republic é um dos jogos mais aclamados da saga

Divulgação/BioWare

Considerado por muitos fãs e crítica o melhor jogo de Star Wars já feito, Knights of the Old Republic alcança um patamar reservado a poucas obras do universo expandido da saga: uma qualidade narrativa e personagens cativantes que fazem o jogo ser tão querido quanto alguns filmes e séries consagrados da franquia.

Na pele de um jedi que precisa defender a República de um ataque dos sith durante o período da Velha República, Knights of the Old Republic foi um dos primeiros jogos a permitir que você construa o tipo de jedi que quer ser, da inclinação moral a conjuntos específicos de Star Wars. Sua popularidade é tamanha que um remake está em desenvolvimento para o PlayStation 5.

LEGO Star Wars: A Saga Skywalker

Cena de LEGO Star Wars: The Skywalker Saga

LEGO Star Wars: The Skywalker Saga reconta a história de todos os nove filmes principais da franquia

Reprodução/Warner Bros

Os jogos de Star Wars ajudaram a definir como os brinquedos de LEGO foram transportados para os videogames, e em contrapartida a desenvolvedora TT Games debruçou-se sobre adaptações bem-humoradas dos filmes por 20 anos que culminaram com LEGO Star Wars: A Saga Skywalker.

O jogo é uma odisseia bem-humorada dos nove filmes da saga, de A Ameaça Fantasma à Ascensão Skywalker, com a reunião definitiva de todos os personagens que habitam a galáxia muito, muito distante. É um dos melhores jogos de LEGO e também uma das melhores maneiras de rever a história criada por George Lucas fora dos cinemas.

Star Wars Jedi Knight II: Jedi Outcast

Star Wars Jedi Knight II: Jedi Outcast

Lançado nos anos 1990, Jedi Knight II se passa após O Retorno de Jedi

Divulgação/LucasArts

Ao longo dos anos 1990, Star Wars deixou o universo expandido correr solto com histórias que iam além do O Retorno de Jedi. Uma das mais populares é a franquia de jogos Jedi Knight, focada em Kyle Katarn, um ex-oficial do Império que passa para o lado dos Rebeldes e se torna até mesmo um instrutor na academia de jedi de Luke Skywalker.

Destes jogos, Jedi Knight II: Jedi Outcast é um dos mais celebrados. Os gráficos podem estar desatualizados se compararmos este título com games mais modernos de Star Wars, mas a essência permanece inalterada e com ótima qualidade, permitindo que você use tanto armas de fogo quanto sabres de luz em uma história que se passa poucos anos após a vitória dos Rebeldes em O Retorno de Jedi.

Star Wars Jedi: Fallen Order

Cena de Star Wars Jedi: Fallen Order

Star Wars Jedi: Fallen Order leva o estilo de jogo de Elden Ring para uma galáxia muito distante

Divulgação/Electronic Arts

Após comprar a Lucasfilm, a Disney firmou um acordo de exclusividade com a Electronic Arts (FIFA) sobre os games de Star Wars por uma década. A fase, que é marcada por poucos títulos e muitas decepções por parte dos fãs, foi salva do fracasso completo por Star Wars Jedi: Fallen Order, que pegou o estilo de jogo de Dark Souls e Elden Ring e o adaptou aos manuseadores da Força.

O jogo tem história canônica, situada entre o Episódio III: A Vingança dos Sith e o Episódio IV: Uma Nova Esperança. Nela, o protagonista Cal Kestis (Cameron Monaghan) é um dos poucos jovens sobreviventes da Ordem 66, que exterminou a maioria dos jedi na galáxia. No entanto, a chegada do Império ao planeta onde ele se escondia o coloca em uma jornada para se aproximar novamente da Força.

Jedi Fallen Order oferece um vislumbre do que pode vir aí em Star Wars nos games, com histórias inéditas de alta qualidade. Uma continuação já está em produção pelo mesmo estúdio que fez o primeiro game, a Respawn.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Bruno Silva

Bruno Silva

Editor de games e animes na Tangerina, Bruno Silva é brasiliense e fã de basquete. Jornalista, apresentador e streamer, foi co-criador do The Enemy e já publicou no Omelete, Nerdbunker, Metrópoles e Correio Braziliense.

Ver mais conteúdos de Bruno Silva

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal