King Princess revela gravação com Taylor Hawkins em álbum - Tangerina

MÚSICA

King Princess posa com conjura no ombro

Reprodução/Instagram

Let Us Die

King Princess revela como gravou com Taylor Hawkins em novo álbum 

Baterista do Foo Fighters terá uma participação póstuma no segundo álbum da cantora, que será lançado na sexta-feira (29)

Lucas Almeida
Lucas Almeida

A cantora King Princess revelou como foram os bastidores para gravar a música Let Us Die com o baterista do Foo Fighters, Taylor Hawkins (1972-2022). A faixa encerra o segundo álbum de estúdio da artista, Hold On Baby, que será lançado nesta sexta-feira (29).

Em entrevista ao podcast The Zane Lowe Show, King Princess contou que compôs a canção e pensou: “Essa foi provavelmente a melhor música que eu já escrevi”. A cantora levou a composição ao consagrado produtor Mark Ronson, que também se impressionou com a faixa. Foi ideia de Ronson convidar Taylor Hawkins para a produção.

“Ele disse: ‘Mas nós realmente precisamos de um baterista que dê vida a isso. Precisa ser uma pessoa viva e respirando atrás de uma bateria e não uma batida programada, não um sample. Este é o tipo de música que precisa de humanidade por trás de todos os instrumentos'”, relembrou King.

Ronson entrou em contato com Hawkins, que ouviu a música e aceitou a colaboração. Ele gravou os áudios em um estúdio próprio, enquanto King Princess estava no Brooklyn, em Nova York, acompanhando tudo através de uma chamada. Filha de um engenheiro de som, a cantora possui equipamentos de gravação na casa dos pais.

“Foi tão louco estar no meu estúdio de infância, ouvindo esse cara tocar nos alto-falantes do meu pai. E meu pai sentado lá assistindo. Nem consigo descrever. Eu estava muito emocionada”, contou. “Mas, entre as tomadas, fizemos FaceTime e ele foi tão gentil.”

King Princess contou que, algumas semanas após a morte do baterista, ela entrou em contato com o time de Taylor, para saber se deveria usar as gravações no álbum. “Depende deles e do legado dele, mas incluí que ele amou essa música e essa é a razão pela qual eu o queria nela”, explicou a cantora aos produtores na ocasião.

Segundo King, a equipe de Taylor Hawkins concordou que a música deveria ser lançada, como uma forma de homenagem ao músico. O baterista do Foo Fighters morreu aos 50 anos, em março. Ele estava em Bogotá, na Colômbia, e se apresentaria no Lollapalooza Brasil, dois dias depois. A autópsia apontou overdose como a causa da morte.

O produtor Mark Ronson participará de um tributo a Hawkins, que acontecerá em 3 de setembro, no estádio de Wembley, em Londres. Uma segunda homenagem será realizada em Los Angeles, no mesmo mês. O baterista ainda terá uma participação póstuma no próximo disco de Ozzy Osbourne, Patient Number 9, previsto para 9 de setembro.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Lucas Almeida

Lucas Almeida

Repórter. Passou pela MTV Brasil e Veja.com. É fã de um pop triste e não deixa de ouvir todos os lançamentos musicais da semana.

Ver mais conteúdos de Lucas Almeida

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal