Sem explicação, Disney+ decide adiar Mulher-Hulk - Tangerina

FILMES E SÉRIES

Tatiana Maslany e Mark Ruffalo em cena de Mulher-Hulk: Defensora de Heróis

Divulgação/Disney+

Defensora de Heróis

Sem explicação, Disney+ decide adiar Mulher-Hulk; veja data de estreia

A série Defensora de Heróis ainda vai chegar em agosto no catálogo do streaming

Victor Cierro
Victor Cierro

O Disney+ parece estar desenvolvendo uma nova estratégia com suas produções originais. Em vez de chegar às quartas-feiras, como as outras séries do streaming, Mulher-Hulk: Defensora de Heróis vai ser um experimento para o serviço do Mickey Mouse. A trama sobre a prima de Bruce Banner (Mark Ruffalo) teve seu lançamento adiado para 18 de agosto.

Sem explicação, a plataforma de streaming mudou a estreia da série e o lançamento dos novos episódios para as quintas-feiras. Em busca de mais olhos sob seu produto, o Disney+ tem uma tática inédita para conquistar uma audiência sólida para a Mulher-Hulk.

Nas histórias em quadrinhos, Jennifer Walters (Tatiana Maslany), prima do Hulk (Ruffalo), precisa receber uma transfusão de sangue do parente. No entanto, além de ter sua vida salva, a personagem acaba herdando as habilidades especiais dele –e sua cor verde característica.

A protagonista de Defensora de Heróis trabalha como advogada em casos judiciais envolvendo poderosos. Mas com as novas habilidades, a personagem de Tatiana vai atuar também no outro lado da Justiça. Fora dos tribunais, Mulher-Hulk vai enfrentar os vilões com as próprias mãos.

Criada por Jessica Gao, a série original do Disney+ também conta com o retorno de Tim Roth no papel do Abominável, Renée Elise Goldsberry como Amelia e Jameela Jamil na função de antagonista da Mulher-Hulk. A atriz de The Good Place (2016-2020) vive a vilã da produção, uma influenciadora digital que esconde um perigoso segredo, conhecida como Titania.

Mas a grande novidade de Mulher-Hulk é a presença de Demolidor (Charlie Cox). Depois de aparecer no trailer mais recente de Defensora de Heróis, o público ficou empolgado com o retorno do adorável Matthew Murdock. Inclusive, em entrevista ao Entertainment Weekly, a diretora Kat Coiro deu mais motivo para os fãs ficarem empolgados.

“Estou definitivamente animada para o Demolidor fazer sua aparição, porque acho que ele será o favorito do público. Mas não posso dizer mais nada sobre isso. A polícia da Marvel é uma coisa real, e não quero ser presa por eles”, brincou a diretora da série.

Antes de Mulher-Hulk, Charlie Cox já apareceu no MCU (Universo Cinematográfico da Marvel). Na função de advogado, Matt Murdock deu conselhos legais para Peter Parker (Tom Holland) em Homem-Aranha: Sem Volta para Casa (2021). O estúdio também confirmou um reboot de Demolidor (2015-2018) que nasceu na Netflix e agora migrou para o Disney+. As novas aventuras do herói estão previstas para chegar ao streaming do Mickey Mouse em 2024.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Victor Cierro

Victor Cierro

Repórter da Tangerina, Victor Cierro é viciado em quadrinhos e cultura pop e decidiu que seria jornalista aos 9 anos. É o foca da equipe e cria da casa: antes da Tangerina, estagiou no Notícias da TV, escrevendo sobre filmes e séries.

Ver mais conteúdos de Victor Cierro

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal