MÚSICA

Kendrick Lamar lança primeiro single The Heart Part 5, após quatro anos sem inéditas

Reprodução/YouTube

Lista

Kendrick Lamar: Quem são as celebridades que ‘aparecem’ no novo clipe?

No último domingo (8), o rapper vencedor do prêmio Pulitzer lançou The Heart Part 5, o primeiro single de novo disco, que chega em 13 de maio

Nicolle Cabral

Nicolle Cabral

No último domingo (8), Kendrick Lamar divulgou a primeira prévia do novo disco, Mr. Morale & the Big Steppers, que chega nesta sexta-feira (13). O single The Heart Part 5 foi lançado com clipe, no qual o rosto do rapper se transforma em vários famosos, como Kanye West, O.J. Simpson, Kobe Bryant, Nipsey Hussle e Jussie Smollett. A faixa é a primeira solo inédita de Lamar desde 2018, quando participou da trilha sonora de Pantera Negra em All The Stars, parceria com SZA.

The Heart Part 5, como o título sugere, é a quinta canção da série The Heart. Desde 2010, o artista tem criado canções nas quais reflete sobre a sua identidade e a relação com outros artistas. Na primeira, ele apresentou um monólogo do fotógrafo Dashiell “Dash” Snow (1981—2009). Na produção mais recente, ele usa o recurso de deepfakes (ferramenta que utiliza de inteligência artificial para substituir rostos) para “entrar” nas personas citadas acima. A fim de esmiuçar quem são as celebridades referenciadas por Lamar, a Tangerina fez uma lista com um resumo sobre cada uma delas. Veja a seguir:

Kendrick Lamar lança primeiro single The Heart Part 5, após quatro anos sem inéditas

Assista ao clipe de The Heart Part 5

Trey Parker e Matt Stone, criadores de South Park, receberam agradecimentos especiais nos créditos da produção

Kanye West

O rapper Kanye West sorri em cena da trilogia documental jeen-yuhs, da Netflix

Kanye West em trecho da série documental da Netflix, jeen-yuhs

Divulgação/Netflix

Embora o rapper dispense apresentações, Kanye West é uma das figuras emblemáticas do hip-hop referenciadas por Lamar. Na canção, ao se referir ao artista, ele canta um verso sobre “amigos bipolares”, uma referência ao transtorno bipolar afetivo que West sofre. A revelação do diagnóstico foi feita em 2018. Desde então, as aparições mais polêmicas do rapper são apontadas como um indicativo da fase “maníaca” da doença. Recentemente, Ye sofreu com a separação da ex-esposa Kim Kardashian, com quem tem quatro filhos: North, Saint, Chicago e Psalm. Vencedor de 22 Grammy Awards, o lançamento solo mais recente do rapper é Eazy. O clipe gerou polêmica ao apresentar Pete Davidson, atual namorado de Kim, decapitado por West.

O.J. Simpson

Orenthal James Simpson, conhecido por O.J., é um ex-jogador de futebol e ator norte-americano. A celebridade é alvo de polêmicas e controvérsias desde 1994, quando foi acusado do assassinato de sua ex-esposa Nicole Brown e do amigo Ronald Goldman. No longo processo investigativo, considerado como o “Julgamento do Século”, O.J. seria condenado a 33 anos de prisão. No entanto, ele foi absolvido, e declarou-se 100% inocente. Dois anos depois, ele perdeu um julgamento civil e foi condenado a pagar US$ 33,5 milhões por danos. A história do assassinato rendeu um grande destaque da mídia mundial e motivou a série de televisão The People v. O. J. Simpson: American Crime Story. A temporada sobre o ex-jogador recebeu 22 indicações ao Primetime Emmy Awards.

Jussie Smollett

Jussie Langston Mikha Smollett é cantor, ator e fotógrafo, mas conquistou a fama pela interpretação do músico Jamal Lyon na série Empire. Em 2015, ele se assumiu publicamente como parte da comunidade LGBTQIA+ em uma entrevista para Ellen DeGeneres. Em 2019, no entanto, foi levado ao hospital nos Estados Unidos depois de ser supostamente vítima de um ataque homofóbico e racista. Na época, o ator teve uma costela fraturada. Segundo o TMZ, ele havia sido abordado por dois homens brancos, apoiadores do presidente Donald Trump. A dupla então espancou e jogou alvejante no ator. A polícia, portanto, deu início ao processo de investigação como crime de ódio.

No entanto, o departamento policial de Chicago determinou que o ator havia armado o ataque. A alegação foi de que ele havia contratado dois irmãos para fingirem o ataque por estar insatisfeito com o seu salário na série Empire. Depois de o júri ter o declarado culpado por conduta desordeira ao reportar um crime falso, ele foi condenado a 150 dias de prisão. O juiz James Linn, responsável pela decisão, acusou o ator de “charlatão narcisista”, por supostamente encenar um crime de ódio contra si mesmo. Meses depois, os promotores do Gabinete do Procurador do Condado de Cook retiraram todas as acusações contra ele. Em 2020, o júri em Chicago retomou as acusações.

Will Smith

27.mar.2022 - Will Smith recebe o Oscar de melhor ator por seu papel em King Richard: Criando Campeãs

Will Smith recebe Oscar de melhor ator por King Richard: Criando Campeãs

Kyusung Gong/A.M.P.A.S.

Memorável pelo papel em Um Maluco no Pedaço, sitcom dos anos 1990, Will Smith foi classificado como um dos astros mais rentáveis em todo o mundo, segundo a revista Forbes. Pai de dois filhos extremamente talentosos —Jaden e Willow—, Will estrelou várias franquias de sucesso, entre elas Os Bad Boys (1995), O Dia da Independência (1996) e MIB – Homens de Preto (1997). Recentemente, foi vencedor do Oscar como melhor ator pelo papel em King Richard: Criando Campeãs, no qual interpreta Richard Williams, pai das tenistas Venus e Serena.

Durante a premiação, contudo, o comediante Chris Rock gerou um incidente com o ator. Enquanto comentava sobre premiados e fazia piadas triviais, Rock disse que Jada Pinkett-Smith, esposa de Will, estrelaria o próximo G.I. Jane (filme com Demi Moore, de 1997, traduzido no Brasil como No Limite da Honra) porque a atriz está careca. Em seu podcast Red Table Talk, Jada já havia comentado abertamente sobre ter uma condição médica que implica na perda de cabelo, chamada alopecia. Foi então que Will subiu ao palco, deu um tapa em Rock e, após voltar ao seu lugar, gritou duas vezes “Mantenha o nome da minha esposa fora da p#$%! da sua boca!”. O ocorrido fez com que Will fosse banido do Oscar e de todos os eventos da Academia pelos próximos dez anos.

Kobe Bryant

Astro da NBA, Kobe Bryant morreu em um trágico acidente de helicóptero, ainda sem explicações, em janeiro de 2020. O ex-jogador viajava com Gianna, filha de 13 anos, e outras sete pessoas, incluindo uma amiga de Gianna e um familiar dela, um técnico e o piloto. O acidente aconteceu em Calabasas, na Califórnia. As investigações sobre a queda apontavam “causa acidental” como motivo do acidente. Em 2021, a autópsia detectou que Ara Zobayan, piloto do avião, estava sóbrio e que não houve falhas mecânicas. O Conselho Nacional de Segurança nos Transportes dos Estados Unidos confirmou o laudo.

Em outra investigação, o Departamento de Medicina Legal de Los Angeles concluiu que um nevoeiro atrapalhou a visão do comandante. Viúva de Kobe Bryant e mãe de Gianna Bryant, Vanessa Bryant entrou com processo contra a Island Express Helicopters pedindo uma indenização pela morte do marido e da filha. No requerimento, ela acusa a companhia de ter sido negligente no acidente, além de não ter oferecido informações sobre o clima ou cogitado cancelar o voo.

No início dos anos 2000, Kobe foi escolhido como titular nos Jogos das Estrelas da NBA na segunda temporada de sua carreira. Desde então, foi titular em mais 17 ocasiões, um recorde absoluto. Em 2007 e 2008, foi eleito o jogador mais valioso da liga. Kobe também se tornou o maior pontuador da história do Los Angeles Lakers.

Nipsey Hussle

Nipsey Hussle em trecho do clipe Hussle and Motivate

Nipsey Hussle em trecho do clipe Hussle and Motivate

Reprodução/YouTube

Indicado ao Grammy como melhor álbum de rap com o disco de estreia Victory Lap (2018), Nipsey era um astro do hip-hop. O rapper foi assassinado a tiros, aos 33 anos, em Los Angeles, nos Estados Unidos. O cantor chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. No local, a polícia foi informada que o rapper e mais duas pessoas haviam sido baleadas do lado de fora da loja Marathon Clothing, da qual Nipsey era dono.

Embora tenha feito um único disco de estúdio, o rapper coleciona quatro mixtapes, lançadas ao longo da década de 2010, sendo elas The Marathon (2010), The Marathon Continues (2011), Crenshaw (2013) e Mailbox Money (2014). Além disso, Nipsey sempre esteve ao lado de outros gigantes da música como Drake, Childish Gambino, 50 Cent, Kendrick Lamar, Young Thug, Snoop Dogg, Ne-Yo, Tyga e outros. Em 2020, ganhou um Grammy pela canção Racks in the Middle, parceria com Roddy Ricch e o produtor HitBoy. A música foi a última lançada em vida do rapper.

Nipsey tinha um relacionamento com Lauren London desde 2013. Três anos depois, teve Kross Asghedom, primeiro filho do casal.

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Nicolle Cabral

Nicolle Cabral

Antes de ser repórter da Tangerina, Nicolle Cabral passou por Rolling Stone, Revista Noize e Monkeybuzz. Nas horas vagas, banca a masterchef para os amigos, testa maquiagens e cantarola hits do TikTok.

Ver mais conteúdos de Nicolle Cabral

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal