MÚSICA

Tyler, The Creator se apresenta no Grammy 2020

Reprodução/YouTube

Grammy 2022

Aquecimento Grammy: Relembre 8 apresentações históricas da premiação

Enquanto o Grammy 2022 não chega, separamos alguns shows inesquecíveis da grande premiação de música

Nicolle Cabral

Nicolle Cabral

Após ter sido adiado por nove semanas, o Grammy 2022, enfim, vai acontecer no dia 3 de abril. Entre as grandes premiações do ano e os discursos dos vencedores, a 64ª edição da cerimônia contará com shows de BTS, Billie Eilish, Olivia Rodrigo, Lil Nas X e Jack Harlow. As informações foram divulgadas pela Academia de Gravação nesta terça-feira, 15.

Para já te deixar no clima das apresentações —que prometem arrancar suspiros—, a Tangerina reuniu oito momentos inesquecíveis da maior premiação da música. De palcos em chamas até recriações impecáveis de cenários, os artistas gostam de investir em criatividade para seus números musicais na festa. Venha relembrar os momentos mais marcantes.

Lil Nas X — Grammy 2020

Além de ser a primeira vez que o trap country chegava no Grammy, a apresentação de Lil Nas X contou com a participação especial do BTS, o maior grupo de K-pop do mundo. Mesmo sem indicações da Academia, o grupo coreano subiu ao palco para participar do número Old Town Road All-Star, do rapper. Na performance, Lil Nas X também convidou o cantor Billy Ray Cyrus, o produtor Diplo e o veterano rapper Nas. Juntos, eles fizeram história na premiação.

Lil Nas X fez história no Grammy ao convidar BTS, Billy Ray Cyrus e o veterano do rap Nas para se apresentar com ele

Assista à apresentação de Old Town Road

O artista havia sido indicado a seis categorias na premiação

Tyler, The Creator — Grammy 2020

Em uma das apresentações mais energéticas da história do Grammy, o criativo Tyler, The Creator apresentou a melódica canção EARFQUAKE ao lado do lendário grupo vocal Boys II Men e do veterano do R&B Charlie Wilson. Uma parcela da “jornada do herói” —que acompanhamos ao longo da audição de IGOR, disco que Tyler lançou em 2019— foi transposta para o palco com excelência pelo cantor. O palco pegou fogo (literalmente). Logo depois, o artista emendou NEW MAGIC WAND com gritos e muitos pulos —até ele desaparecer no palco em chamas.

Assista à apresentação de EARFQUAKE

No Grammy 2020, o artista venceu a categoria de melhor álbum de rap

Kendrick Lamar — Grammy 2016

Em 2016, Kendrick Lamar foi indicado a 11 categorias da premiação, incluindo a de álbum do ano, pelo histórico To Pimp a Butterfly. O rapper levou para casa seis gramofones dourados. Na apresentação, ele cantou as faixas The Blacker the Berry e Alright, ambas do elogiado e elegante disco lançado em 2015, em um palco estruturado com celas de cadeia. A apresentação foi eufórica e emblemática, justamente pelo fato de Alright ter se tornado hino tanto dos protestos contra violência policial nos Estados Unidos quanto do 20° aniversário da Marcha de Mil Homens.

Kendrick Lamar se apresenta no Grammy 2016

Assista à apresentação de Alright

Lamar voltaria ao Grammy com outra performance potente em 2018

Madonna — Grammy 2015

Pronta para divulgar o primeiro single do disco Rebel Heart, Madonna preparou uma apresentação impecável no Grammy Awards. A artista reproduziu, ao lado de dançarinos vestidos de minotauros, o clipe de Living for Love. A aparição já era esperada pelos fãs, que foram à loucura quando Madonna despejou sensualidade, agilidade e autenticidade em cima do palco. O figurino, a coreografia e a iluminação chamaram a atenção da plateia, que ficou hipnotizada. Na metade da apresentação, Taylor Swift estava em pé, cantarolando.

Madonna apresenta Living For Live, em Grammy 2015

Assista à apresentação de Living For Love

Já pensou como deve ser ter a destreza da rainha da música pop?

Lady Gaga — Grammy 2011

O começo dos anos 2010 foi marcado pelas aparições extravagantes de Lady Gaga. Em uma festa como o Grammy, a entrada da artista não poderia ser diferente. Em 2011, o número começou com um ovo no meio do palco. Pouco depois, ele se abriu e libertou Gaga. Toda essa entrada era uma alusão à canção que ela cantaria na sequência: Born this Way. Embora a artista não tenha recebido nenhum prêmio na cerimônia, ela fez história na apresentação e firmou ainda mais o hit como um hino de empoderamento da comunidade LGBTQIA+. Neste ano, a cantora promete voltar aos palcos com a turnê Chromatica Ball.

Lady Gaga performa Born This Way em Grammy

Assista à performance de Born This Way

Passar batido é uma coisa que a Lady Gaga nunca soube fazer —ainda bem!

Kanye West e Jamie Foxx — Grammy 2006

A dupla se reuniu no palco com uma imensa banda marcial para tocar o hit Gold Digger, do álbum Late Registration (2005), de Ye. Ambos os artistas estavam vestidos a caráter e o público presente na plateia da premiação não conseguiu ficar parado. Eles encerraram a performe com um mashup de Touch The Sky, ao lado de Lupe Fiasco.

Kanye West: jeen-yuhs: o que aprendemos na trilogia da Netflix

Kanye West em trecho de clipe com Jamie Foxx

Assista à apresentação de Gold Digger

A canção está no segundo disco de estúdio de Ye

Beyoncé e Prince — Grammy 2004

No início dos anos 2000, o Grammy Awards reuniu no mesmo palco duas figuras históricas da cultura pop: Beyoncé e Prince (1958—2016). Após a morte de Prince, o encontro se tornou ainda mais memorável. Juntos, eles cantaram Purple Rain —20 anos depois do lançamento do hit—, Crazy in Love, Baby I’m a Star e Let’s Go Crazy. Embora medleys possam assustar alguns, esse formou a junção perfeita de canções que celebram duas gerações de astros pop.

Prince e Beyoncé no palco do Grammy Awards

Assista à performance de Purple Rain

Na premiação daquele ano, Bey levou cinco gramofones para casa

Christina Aguilera, P!nk, Lil’ Kim, Mýa & Patti LaBelle — Grammy 2001

Em 2001, Christina Aguilera, Lil’ Kim, Mýa e P!nk gravaram uma versão de Lady Marmalade, de Patti LaBelle, para a trilha sonora do musical Moulin Rouge!. Para os fãs de música pop, a reunião foi um grande acontecimento. No Grammy, as estrelas reproduziram a versão com coreografia e cenários, numa grande apresentação ao lado da intérprete original. Não é por menos que o encontro tenha entrado em várias listas de melhores apresentações do Grammy, incluindo a nossa.

Christina, P!nk, Lil' Kim, Mya & Patti Labelle se apresentam no Grammy 2001

Assista à apresentação de Lady Marmalade

A canção venceu o Oscar daquele ano

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Nicolle Cabral

Nicolle Cabral

Antes de ser repórter da Tangerina, Nicolle Cabral passou por Rolling Stone, Revista Noize e Monkeybuzz. Nas horas vagas, banca a masterchef para os amigos, testa maquiagens e cantarola hits do TikTok.

Ver mais conteúdos de Nicolle Cabral

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal