MÚSICA

Vencedores do Grammy 2022: Jon Batiste surpreendeu com o troféu de álbum do ano

Divulgação/Recording Academy

Grammy 2022

Grammy 2022: Surpreendente, festa consagra Jon Batiste e Silk Sonic

Grande favorita, Olivia Rodrigo saiu com três troféus na noite, enquanto Billie Eilish ficou sem prêmio; veja a lista completa de vencedores

Luccas Oliveira

Luccas Oliveira

A lista de vencedores do Grammy 2022 não nega: esta foi uma das edições mais surpreendentes da premiação em anos. Enquanto as apostas indicavam que Olivia Rodrigo varreria as principais categorias, ela acabou saindo do top 4 apenas com o troféu de revelação. O músico de jazz Jon Batiste, o mais indicado desta edição, também saiu como grande vencedor da noite. Ele leva para casa cinco Grammys, incluindo o disputado álbum do ano, por We Are.

Quem também surpreendeu foi o duo Silk Sonic. O projeto de Bruno Mars e Anderson .Paak abriu a festa com uma performance repleta de classe e musicalidade, com direito a guitarrista brasileiro. Na premiação, Leave the Door Open, grande hit do grupo de R&B e soul, venceu os Grammys de canção e gravação do ano (entenda a diferença).

Já que a noite foi de surpresas, a aguardada vitória do BTS não veio. Butter, música do grupo de k-pop, foi superada por Kiss Me More, de Doja Cat e SZA, na categoria melhor performance pop de duo ou grupo.

E Billie Eilish, que tinha ganhado tudo em 2020 e voltou a ser premiada no ano passado, acabou sem nenhum prêmio pela primeira vez em sua ainda recente carreira.

Brasileira vence o Grammy

Uma das características marcantes do Grammy é que a premiação tem muitos vencedores. Afinal, são 86 categorias contempladas na festa da música. Muitas delas, inclusive, têm seus vencedores anunciados antes mesmo da cerimônia começar para valer. Nesta pré-lista, por exemplo, a pianista brasileira Eliane Elias garantiu mais um Grammy para sua casa.

Foi nesse ínterim, também, que o Foo Fighters, que lida com o luto pela morte do baterista Taylor Hawkins, dominou as categorias de rock. Hawkins ganhou uma homenagem em vídeo do Grammy antes da seção In Memoriam, que lembrou a morte da brasileira Marília Mendonça.

Vencedores das principais categorias do Grammy 2022

Álbum do ano

  • We Are – Jon Batiste
  • Love for Sale – Tony Bennett & Lady Gaga
  • Justice (Triple Chucks Deluxe) – Justin Bieber
  • Planet Her (Deluxe) – Doja Cat
  • Happier Than Ever – Billie Eilish
  • Back of My Mind – H.E.R.
  • Montero – Lil Nas X
  • Sour – Olivia Rodrigo
  • Evermore – Taylor Swift
  • Donda – Kanye West

Gravação do ano

  • I Still Have Faith In You – ABBA
  • Freedom – Jon Batiste
  • I Get a Kick Out of You – Tony Bennett & Lady Gaga
  • Peaches – Justin Bieber feat. Daniel Caesar & Giveon
  • Right On Time – Brandi Carlile
  • Kiss Me More – Doja Cat feat. SZA
  • Happier Than Ever – Billie Eilish
  • Montero (Call Me By Your Name) – Lil Nas X
  • Drivers License – Olivia Rodrigo
  • Leave the Door Open – Silk Sonic

Canção do ano

  • Bad Habits – Ed Sheeran (compositores: Fred Gibson, Johnny McDaid & Ed Sheeran)
  • A Beautiful Noise – Alicia Keys & Brandi Carlile (compositores: Ruby Amanfu, Brandi Carlile, Brandy Clark, Alicia Keys, Hillary Lindsey, Lori McKenna, Linda Perry & Hailey Whitters)
  • Drivers License – Olivia Rodrigo (compositores: Daniel Nigro & Olivia Rodrigo)
  • Fight For You – H.E.R. (compositores: Dernst Emile II, H.E.R. & Tiara Thomas)
  • Happier Than Ever – Billie Eilish (compositores: Billie Eilish O’Connell & Finneas O’Connell)
  • Kiss Me More – Doja Cat feat. SZA (compositores: Rogét Chahayed, Amala Zandile Dlamini, Lukasz Gottwald, Carter Lang, Gerard A. Powell II, Solána Rowe & David Sprecher)
  • Leave the Door Open – Silk Sonic (compositores: Brandon Anderson, Christopher Brody Brown, Dernst Emile II & Bruno Mars)
  • Montero (Call Me By Your Name) – Lil Nas X (compositores: Denzel Baptiste, David Biral, Omer Fedi, Montero Hill & Roy Lenzo)
  • Peaches – Justin Bieber feat. Daniel Caesar & Giveon (compositores: Louis Bell, Justin Bieber, Giveon Dezmann Evans, Bernard Harvey, Felisha “Fury” King, Matthew Sean Leon, Luis Manuel Martinez Jr., Aaron Simmonds, Ashton Simmonds, Andrew Wotman & Keavan Yazdani)
  • Right on Time – Brandi Carlile (compositores: Brandi Carlile, Dave Cobb, Phil Hanseroth & Tim Hanseroth)

Artista revelação

  • Arooj Aftab
  • Jimmie Allen
  • Baby Keem
  • FINNEAS
  • Glass Animals
  • Japanese Breakfast
  • The Kid LAROI
  • Arlo Parks
  • Olivia Rodrigo
  • Saweetie

Melhor performance pop solo

  • Anyone – Justin Bieber
  • Right On Time – Brandi Carlile
  • Happier Than Ever – Billie Eilish
  • Positions – Ariana Grande
  • Drivers License – Olivia Rodrigo

Melhor performance pop de duo ou grupo

  • I Get a Kick Out of You – Tony Bennett & Lady Gaga
  • Lonely – Justin Bieber & Benny Blanco
  • Butter – BTS
  • Higher Power – Coldplay
  • Kiss Me More – Doja Cat feat. SZA

Melhor álbum de pop vocal

  • Justice (Triple Chucks Deluxe) – Justin Bieber
  • Planet Her (Deluxe) – Doja Cat
  • Happier Than Ever – Billie Eilish
  • Positions – Ariana Grande
  • Sour – Olivia Rodrigo

Melhor performance de rap

  • Family Ties – Baby Keem feat. Kendrick Lamar
  • Up – Cardi B
  • My Life – J. Cole feat. 21 Savage & Morray
  • Thot S*** – Megan Thee Stallion

Melhor performance de rap melódico

  • Pride is the Devil – J. Cole feat. Lil Baby
  • Need to Know – Doja Cat
  • Industry Baby – Lil Nas X feat. Jack Harlow
  • Wusyaname – Tyler the Creator feat. Youngboy Never Broke Again & Ty Dolla $ign
  • Hurricane – Kanye West feat. The Weeknd & Lil Baby

Melhor canção de rap

  • Bath Salts – DMX feat. Jay-Z & Nas
  • Best Friend – Saweetie feat. Doja Cat
  • Family Ties – Kendrick Lamar feat. Baby Keem
  • Jail – Kanye West feat. Jay-Z
  • My Life – J. Cole feat. 21 Savage & Morray

Melhor álbum de rap

  • The Off-Season – J. Cole
  • King’s Disease II – Nas
  • Call Me If You Get Lost – Tyler the Creator
  • Donda – Kanye West

Melhor performance de rock

  • Shot in the Dark – AC/DC
  • Know You Better (Live From Capitol Studio A) – Black Pumas
  • Nothing Compares 2 U – Chris Cornell
  • Ohms – Deftones
  • Making a Fire – Foo Fighters

Melhor canção de rock

  • All My Favorite Songs – Weezer
  • The Bandit – Kings of Leon
  • Distance – Mammoth WVH
  • Find My Way – Paul McCartney
  • Waiting On a War – Foo Fighters

Melhor álbum de rock

  • Power Up – AC/DC
  • Capitol Cuts – Live From Studio A – Black Pumas
  • No One Sings Like You Anymore Vol. 1 – Chris Cornell
  • Medicine at Midnight – Foo Fighters
  • McCartney III – Paul McCartney

Melhor álbum de música alternativa

  • Shore – Fleet Foxes
  • If I Can’t Have Love, I Want Power – Halsey
  • Jubilee – Japanese Breakfast
  • Collapsed In Sunbeams – Arlo Parks
  • Daddy’s Home – St. Vincent

Melhor álbum de R&B

  • Temporary Highs In the Violet Skies – Snoh Aalegra
  • We Are – Jon Batiste
  • Gold-Diggers Sounds – Leon Bridges
  • Back of My Mind – H.E.R.
  • Heaux Tales – Jazmine Sullivan

Melhor performance de R&B

  • Lost You – Snoh Aalegra
  • Peaches – Justin Bieber feat. Daniel Caesar & Giveon
  • Damage – H.E.R.
  • Leave the Door Open – Silk Sonic
  • Pick Up Your Feelings – Jazmine Sullivan

Melhor performance de R&B tradicional

  • I Need You – Jon Batiste
  • Bring It On Home to Me – BJ The Chicago Kid, PJ Morton & Kenyon Dixon feat. Charlie Bereal
  • Born Again – Leon Bridges feat. Robert Glasper
  • Fight For You – H.E.R.
  • How Much Can a Heart Take – Lucky Daye feat. Yebba

Melhor canção de R&B

  • Damage – H.E.R.
  • Good Days – SZA
  • Heartbreak Anniversary – Giveon
  • Leave the Door Open – Silk Sonic
  • Pick Up Your Feelings – Jazmine Sullivan

Melhor álbum de pop latino

  • Vértigo – Pablo Alborán
  • Mis Amores – Paula Arenas
  • Hecho a la Antigua – Ricardo Arjona
  • Mis Manos – Camilo
  • Mendó – Alex Cuba
  • Revelación – Selena Gomez

Melhor álbum de música urbana latina

  • Afrodisíaco – Rauw Alejandro
  • El Último Tour del Mundo – Bad Bunny
  • Jose – J Balvin
  • KG0516 – Karol G
  • Sin Miedo (Del Amor Y Otros Demonios) 8 – Kali Uchis

Melhor álbum de rock ou música alternativa latina

  • Deja – Bomba Estéreo
  • Mira Lo Que Me Hiciste Hacer (Deluxe Edition) – Diamante Eléctrico
  • Origen – Juanes
  • Calambre – Nathy Peluso
  • El Madrileño – C. Tangana
  • Sonidos de Karmática Resonancia – Zoé

Melhor videoclipe

  • Shot In The Dark – AC/DC
  • Freedom – Jon Batiste
  • I Get A Kick Out Of You – Tony Bennett & Lady Gaga
  • Peaches – Justin Bieber feat. Daniel Caesar & Giveon
  • Happier Than Ever – Billie Eilish
  • Montero (Call Me By Your Name) – Lil Nas X
  • Good 4 You – Olivia Rodrigo

Melhor filme de música

  • Inside – Bo Burnham
  • American Utopia – David Byrne
  • Happier Than Ever: A Love Letter To Los Angeles – Billie Eilish
  • Music, Money, Madness… Jimi Hendrix In Maui – Jimi Hendrix
  • Summer of Soul – Vários artistas

Melhor trilha sonora de mídia visual

  • Cruella – Vários artistas
  • Querido Evan Hansen – Vários artistas
  • Em um Bairro de Nova York – Vários artistas
  • Uma Noite em Miami – Leslie Odom Jr. e vários artistas
  • Respect: A História de Aretha Franklin – Jennifer Hudson
  • Schmigadoon! Episódio 1 – Vários artistas
  • Estados Unidos vs. Billie Holiday – Andra Day

Melhor trilha sonora original de mídia visual

  • Bridgerton – Kris Bowers
  • Duna – Hans Zimmer
  • The Mandalorian: Temporada 2 – Vol. 2 (Capítulos 13-16) – Ludwig Göransson
  • O Gambito da Rainha – Carlos Rafael Rivera
  • Soul – Jon Batiste, Trent Reznor & Atticus Ross

Melhor canção composta para mídia visual

  • Agatha All Along (de WandaVision: Episódio 7) – Kristen Anderson-Lopez & Robert Lopez feat. Kathryn Hahn, Eric Bradley, Greg Whipple, Jasper Randall & Gerald White
  • All Eyes On Me (de Bo Burnham: Inside) – Bo Burnham
  • All I Know So Far (de P!NK: Tudo que aprendi até agora) – P!nk
  • Fight For You (de Judas e o Messias Negro) – H.E.R.
  • Here I Am (Singing My Way Home) (de Respect: A História de Aretha Franklin) – Jennifer Hudson
  • Speak Now (de Uma Noite em Miami…) – Leslie Odom Jr.

Produtor do ano, não clássico

  • Jack Antonoff (por Chemtrails Over The Country Club, de Lana Del Rey; Daddy’s Home, de St. Vincent; Gold Rush, de Taylor Swift; Sling, de Clairo; Solar Power, de Lorde; e Take The Sadness Out Of Saturday Night, de Bleachers)
  • Rogét Chahayed (por Aguardiente Y Limón, de Kali Uchis; Ain’t S***, de Doja Cat; Beautiful, de Shelley FKA DRAM; Blueberry Eyes, de MAX feat. SUGA do BTS; Fire in the Sky, de Anderson. Paak; Kiss Me More, de Doja Cat feat. SZA; Lazy Susan, de 21 Savage com Rich Brian feat. Warren Hue & Masimwei; NITROUS, de Joji; e Vibes, de ZAYN)
  • Mike Elizondo (por Glow On, de Turnstile; Good Day e Mulberry Street, de Twenty One Pilots; Life by Misadventure, de Rag’n’Bone Man; Mercy, de Jonas Brothers; Obviously, de Lake Street Dive; Repeat, de Grace Vanderwaal; e Taking the Heat, de Joy Oladokun)
  • Hit-Boy (por Judas and the Black Messiah: The Inspired Album, de vários artistas; e King’s Disease II, de Nas)
  • Ricky Reed (por Aguardiente Y Limón, de Kali Uchis; Can’t Let You Go, de Terrace Martin feat. Nick Grant; Damn Bean, de John-Robert; Don’t Go Yet, de Camila Cabello; Gold-Diggers Sound, de Leon Bridges; Piece of You, de Shawn Mendes; Pushing Away, de Junior Mesa; Rumors, de Lizzo feat. Cardi B; e Sing, de Jon Batiste)

Demais vencedores do Grammy 2022

Melhor álbum tradicional de pop vocal: Love for Sale – Tony Bennett & Lady Gaga

Melhor álbum country: Starting Over – Chris Stapleton

Melhor gravação de dance/eletrônica: Alive – Rüfüs Du Sol

Melhor álbum de dance/eletrônica: Subconsciously – Black Coffee

Melhor álbum instrumental contemporâneo: Tree Falls – Taylor Eigsti

Melhor performance de metal: The Alien – Dream Theater

Melhor álbum de r&b progressivo: Table For Two – Lucky Daye

Melhor performance solo de country: You Should Probably Leave – Chris Stapleton

Melhor performance de duo/grupo de country: Younger Me – Brothers Osborne

Melhor canção country: Cold – Dave Cobb, J.T. Cure, Derek Mixon & Chris Stapleton, songwriters (Chris Stapleton)

Melhor álbum de new age: Divine Tides – Stewart Copeland & Ricky Kej

Melhor solo de jazz improvisado: Humpty Dumpty (Set 2) – Chick Corea, solo; faixa de: Akoustic Band Live (Chick Corea, John Patitucci & Dave Weckl)

Melhor álbum de instrumental de jazz: Skyline – Ron Carter, Jack DeJohnette & Gonzalo Rubalcaba

Melhor álbum de conjunto de jazz: For Jimmy, Wes And Oliver – Christian McBride Big Band

Melhor álbum de jazz latino: Mirror Mirror – Eliane Elias With Chick Corea e Chucho Valdés

Melhor álbum gospel: Believe For It – CeCe Winans

Melhor álbum de música cristã contemporânea: Old Church Basement – Elevation Worship & Maverick City Music

Melhor álbum de gospel raiz: My Savior – Carrie Underwood

Melhor álbum de música regional mexicana (incluindo tejano): A Mis 80’s – Vicente Fernández

Melhor álbum latino tropical: Salswing! – Rubén Blades y Roberto Delgado & Orquesta

Melhor canção norte-americana raiz: Cry – Jon Batiste & Steve McEwan, compositores (Jon Batiste)

Melhor álbum de americana: Native Sons – Los Lobos

Melhor álbum de bluegrass: My Bluegrass Heart – Béla Fleck

Melhor álbum tradicional de blues: I Be Trying – Cedric Burnside

Melhor álbum de blues contemporâneo: 662 – Christone “Kingfish” Ingram

Melhor álbum de folk: They’re Calling Me Home – Rhiannon Giddens e Francesco Turrisi

Melhor álbum de música regional raiz: Kau Ka Pe’a – Kalani Pe’a

Melhor álbum de reggae: Beauty In the Silence – Soja

Melhor performance de música global: Mohabbat – Arooj Aftab

Melhor álbum de música global: Mother Nature – Angelique Kidjo

Melhor álbum de palavra falada: Carry On: Reflections for a New Generation from John Lewis – Don Cheadle

Melhor álbum de musical teatral: The Unofficial Bridgerton Musical – Barlow & Bear

Melhor composição instrumental: Eberhard – Lyle Mays

Melhor arranjo de instrumental ou a capella: Meta Knight’s Revenge (de Kirby Superstar) – The 8-Bit Big Band feat. Button Masher

Melhor arranjo, de instrumentos e vocais: To the Edge of Longing – Vince Mendoza, Czech National Symphony Orchestra & Julia Bullock

Melhor pacote de gravação: Pakelang – 2nd Generation Falangao Singing Group & The Chairman Crossover Big Band

Melhor box ou edição limitada: All Things Must Pass: 50th Anniversary Edition – George Harrison

Melhor álbum de anotações: The Complete Louis Armstrong Columbia And RCA Victor Studio Sessions 1946-1966 – Louis Armstrong

Melhor álbum histórico: Joni Mitchell Archives, Vol. 1: The Early Years (1963-1967) – Joni Mitchell

Melhor engenharia de gravação, não clássica: Love for Sale – Tony Bennett & Lady Gaga

Melhor gravação de remix: Passenger (Mike Shinoda Remix) – Deftones

Melhor álbum de áudio imersivo: Alicia – Alicia Keys

Melhor engenharia de gravação, clássica: Chanticleer Sings Christmas – Chanticleer

Produtor do ano, clássico: Judith Sherman

Melhor performance de orquestra: Price: Symphonies Nos. 1 & 3 – Philadelphia Orchestra

Melhor gravação de ópera: Glass: Akhnaten – The Metropolitan Opera Orchestra; The Metropolitan Opera Chorus

Melhor performance de coral: Mahler: Symphony No. 8, ‘Symphony Of A Thousand’ – Leah Crocetto, Mihoko Fujimura, Ryan McKinny, Erin Morley, Tamara Mumford, Simon O’Neill, Morris Robinson & Tamara Wilson; Los Angeles Philharmonic; Los Angeles Children’s Chorus, Los Angeles Master Chorale, National Children’s Chorus & Pacific Chorale

Melhor álbum vocal clássico: Mythologies – Virginie D’Avezac De Castera, Lili Haydn, Wouter Kellerman, Nadeem Majdalany, Eru Matsumoto & Emilio D. Miler

Melhor compêndio clássico: Women Warriors – The Voices Of Change – Amy Andersson, conductor; Amy Andersson, Mark Mattson & Lolita Ritmanis

Melhor composição contemporânea clássica: Shaw: Narrow Sea – Dawn Upshaw, Gilbert Kalish & Sō Percussion

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Luccas Oliveira

Luccas Oliveira

Luccas Oliveira é editor de música na Tangerina e assina a coluna Na Grade, um guia sobre os principais shows e festivais que acontecem pelo país. Ex-jornal O Globo, fuçador do rock ao sertanejo e pai de gatos, trocou o Rio por São Paulo para curtir o fervo da noite paulistana.

Ver mais conteúdos de Luccas Oliveira

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal