FILMES E SÉRIES

Tom Hiddleston em cena de Loki

Divulgação/Disney+

Disney+

Por que Loki é a série da Marvel mais assistida no Disney+?

De acordo com Kevin Feige, a produção estrelada por Tom Hiddleston teve maior sucesso que WandaVision e Falcão e o Soldado Invernal

Victor Cierro

Victor Cierro

Mesmo sendo lançada meses depois de WandaVision e Falcão e o Soldado Invernal, Loki é a série da Marvel de maior sucesso no Disney+. Pois é, de acordo com o próprio chefão da empresa, Kevin Feige, a história do Deus da Trapaça (Tom Hiddleston) foi a mais assistida no streaming entre as tramas de super-heróis. Mas você sabe por que esta produção teve tanto êxito entre os fãs do Capitão América e do Homem de Ferro?

Loki (Tom Hiddleston) teve uma jornada complicada no MCU (Universo Cinematográfico da Marvel). O irmão de Thor (Chris Hemsworth) deixou claro sua vilania no primeiro filme de 2011. E, em Vingadores (2012), o Deus da Trapaça ficou conhecido como o principal antagonista dos heróis… Até a chegada de Thanos (Josh Brolin).

Mas, desde o primeiro filme sobre os heróis mais poderosos da Terra, Loki está em uma jornada de redenção. Durante Thor: O Mundo Sombrio (2013), o personagem de Hiddleston deu o primeiro sinal de arrependimento. Ele até ajudou o seu irmão… Antes de fingir sua morte, mandar seu pai para um asilo na Terra e assumir o poder de Asgard.

Pois é, o caminho do Deus da Trapaça até a série Loki foi mesmo complicado. No entanto, esta trajetória é um dos motivos por trás do sucesso da história no Disney+. Enquanto acompanhavam Hiddleston durante uma década no MCU, os fãs conseguiram enxergar uma evolução clara do personagem, o que gerou empatia pelo filho de Odin (Anthony Hopkins).

Tom Hiddleston em cena de Loki

Tom Hiddleston na série original do Disney+

Divulgação/Disney+

E esse sentimento não para por aí! Nos momentos iniciais de Vingadores: Guerra Infinita (2018), Thanos (Brolin) matou Loki com extrema facilidade. Mas, então, como Hiddleston tem sua própria série no Disney+? A resposta é viagem no tempo.

Assim como De Volta para o Futuro (1985), a Marvel decidiu apostar em uma jornada ao passado. Enquanto procuravam todas as Joias do Infinito no passado, os heróis mais poderosos da Terra cometeram um erro.

Em Vingadores: Ultimato (2019), Capitão América (Chris Evans), Homem-Formiga (Paul Rudd) e Homem de Ferro (Robert Downey Jr.) entregaram o Tesseract na mão do Deus da Trapaça. Mas este não era qualquer Loki.

A versão do Loki que pegou a Joia do Espaço era a de 2012. O vilão tinha acabado de perder a luta para os Vingadores quando uma oportunidade surgiu diante de seus pés. No entanto, ao fugir da Terra com o artefato especial, o personagem infringiu a linha do tempo e foi detido pela ATV (Autoridade de Variação de Tempo).

Mistério de Loki

Tom Hiddleston e Sophia Di Martino em cena de Loki

Tom Hiddleston e Sophia Di Martino em cena de Loki

Divulgação/Disney+

A série original do Disney+ mostra a história do personagem a partir deste momento. Então, por que os fãs da Marvel ficaram tão engajados com Loki? Desde o início, a trama apontou a existência de uma variante do Deus da Trapaça. E o público teve que esperar alguns episódios para descobrir a verdadeira identidade desta versão alternativa do irmão de Thor.

E, olha, a espera valeu a pena. Sylvie (Sophia Di Martino) já virou queridinha do público… Até o último capítulo da primeira temporada. Assim como Loki, a personagem consegue estragar tudo com extrema facilidade e rapidez.

Enfim, a apresentação da nova Deusa da Trapaça deixou óbvia a existência de realidades alternativas. O multiverso vem sendo peça central da fase 4 da Marvel. Mas, antes de ser explorado em Homem-Aranha: Sem Volta para Casa e Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, o conceito de dimensões paralelas foi apresentado em Loki.

Além do multiverso, a série original do Disney+ também apresentou um novo lado de Loki. Durante a trama, o Deus da Trapaça admitiu ser bissexual. Apesar de não ser o primeiro personagem LGBTQIA+ no universo dos super-heróis, a revelação foi importante em diferentes aspectos. Um deles é a própria história do irmão de Thor nos quadrinhos.

Nas HQs, o anti-herói não esconde sua fluidez de gênero. A série do Disney+, além de adaptar as HQs da Marvel com excelência, ajuda a trazer representatividade para o universo cinematográfico do Vingadores.

Sem data de estreia confirmada, a segunda temporada de Loki vai continuar a história do Deus da Trapaça em uma ATV comandada por Kang, o Conquistador (Jonathan Majors). Veja o trailer do primeiro ano da série:

Owen Wilson e Tom Hiddleston em cena de Loki

Trailer de Loki

Owen Wilson e Tom Hiddleston em cena de Loki

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Victor Cierro

Victor Cierro

Repórter da Tangerina, Victor Cierro é viciado em quadrinhos e cultura pop e decidiu que seria jornalista aos 9 anos. É o foca da equipe e cria da casa: antes da Tangerina, estagiou no Notícias da TV, escrevendo sobre filmes e séries.

Ver mais conteúdos de Victor Cierro

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal