FILMES E SÉRIES

Benedict Cumberbatch em cena de Doutor Estranho 2 no Multiverso da Loucura

Divulgação/Marvel Studios

Novidade do Disney+

Terror, fanservice e mais: Os principais defeitos de Doutor Estranho 2

Veja quais foram os principais erros de Sam Raimi e da Marvel no Multiverso da Loucura; filme chega nesta quarta ao catálogo do Disney+

Victor Cierro

Victor Cierro

Antes do lançamento de Thor: Amor e Trovão nos cinemas, Doutor Estranho no Multiverso da Loucura chega no Disney+ nesta quarta (22). Apesar de marcar uma nova era na Marvel, regada de dimensões alternativas, o novo filme com Benedict Cumberbatch deixa a desejar. O tom de terror, o excesso de fanservice e até os trailers da trama atrapalharam o sucesso do feiticeiro.

Na trama, Stephen Strange (Benedict Cumberbatch) precisa lidar com as ameaças do multiverso. Depois da confusão generalizada de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa (2021), o mago decide pedir ajuda para Wanda Maximoff (Elizabeth Olsen).

Mas, enquanto tenta proteger a novata America Chavez (Xochitl Gomez), Doutor Estranho (Cumberbatch) precisa enfrentar o seu maior desafio até agora (sim, mais complicado do que o Thanos). O filme explora as realidades alternativas do MCU (Universo Cinematográfico da Marvel), introduz novos personagens e traz de volta alguns velhos conhecidos, como o mago Mordo (Chiwetel Ejiofor).

Então, quais são os grandes problemas do filme? O diretor de Doutor Estranho 2, Sam Raimi, acertou em colocar elementos de terror na trama, mas falhou ao não abraçar o gênero por completo. O MCU precisa de produções refrescantes, longe das tramas óbvias de super-heróis, com diferentes tipos de narrativas. O Multiverso da Loucura estava caminhando para esta direção.

No entanto, o estúdio optou por criar uma história para todas as idades, o que afetou diretamente o tom do filme. Além desta estratégia, a decisão de querer agradar aos fãs a qualquer custo também não beneficiou a trama estrelada por Cumberbatch e Elizabeth.

Fanservice em Doutor Estranho 2

Patrick Stewart em cena de X-Men - Dias de um Futuro Esquecido (2014)

Patrick Stewart reprisou o papel de Charles Xavier no Multiverso da Loucura

Divulgação/Twentieth Century Studios

A Marvel tentou incluir o máximo de fanservice possível. O resultado? Uma verdadeira confusão. Doutor Estranho 2 apresentou novos heróis e trouxe de volta alguns velhos conhecidos. No entanto, nenhum deles foi tratado com a relevância merecida na história. Em vez de usar os personagens como uma ligação importante dentro do MCU, o estúdio escolheu lotar a tela com nomes expressivos das histórias em quadrinhos.

Inclusive, a Marvel atirou no próprio pé ao revelar a presença dos velhos conhecidos, como Charles Xavier (Patrick Stewart), durante os trailers de Doutor Estranho no Multiverso da Loucura. O fator emoção causado pela surpresa, como em Homem-Aranha: Sem Volta para Casa, foi basicamente inexistente na trama de Raimi.

As falhas no Multiverso da Loucura não param por aí. Depois de explorar o luto da Feiticeira Escarlate durante nove episódios de WandaVision (2021) no Disney+, Doutor Estranho 2 não fez jus ao conteúdo do streaming. Você sabe por que isso aconteceu? Em entrevista à revista Rolling Stone, Raimi admitiu não ter assistido à série com Elizabeth Olsen por completo. Dá para acreditar?

Apesar dos pesares, o filme ajudou a estabelecer a infinitude das dimensões paralelas no MCU, trouxe esperança para os fãs do Quarteto Fantástico e até apresentou um grupo emblemático das histórias em quadrinhos. O que você achou da trama sobre Stephen Strange?

Doutor Estranho no Multiverso da Loucura estreia nesta quarta (22) no Disney+. Assista abaixo ao trailer:

Rachel McAdams, Benedict Cumberbatch e Xochitl Gomez em cena de Doutor Estranho 2

Trailer de Multiverso da Loucura

Veja o trailer de Doutor Estranho 2, com Benedict Cumberbatch, Rachel McAdams e Xochitl Gomez

Informar Erro
Falar com a equipe
QUEM FEZ
Victor Cierro

Victor Cierro

Repórter da Tangerina, Victor Cierro é viciado em quadrinhos e cultura pop e decidiu que seria jornalista aos 9 anos. É o foca da equipe e cria da casa: antes da Tangerina, estagiou no Notícias da TV, escrevendo sobre filmes e séries.

Ver mais conteúdos de Victor Cierro

0 comentário

Tangerina é um lugar aberto para troca de ideias. Por isso, pra gente é super importante que os comentários sejam respeitosos. Comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, com palavrões, que incitam a violência, discurso de ódio ou contenham links vão ser deletados.

Acesse sua conta para comentar

Ainda não tem uma conta?

Conteúdo fresco, direto da fruta

Quer ficar por dentro das notícias do mundo pop? É só assinar nosso conteúdo semanal